João Taubkin Trio – TRIBO

NOVO LANÇAMENTO COM BRUNO TESSELE NA BATERIA:

NOVO João Taubkin Trio - Tribo (2013)
NOVO João Taubkin Trio – Tribo (2013)

Saiu o CD “Tribo” do João Taubkin Trio. Disco do qual tive muito orgulho de participar ao lado dos amigos João Taubkin e Zeca Loureiro. Colo abaixo o texto do João sobre o disco:

‘Tribo’, segundo João Taubkin:

“Esse disco é um ritual de passagem. É resultado de um caminho percorrido nos últimos dezoito anos, rico de encontros inspiradores.

A riqueza dessas experiências se deu pela grande diversidade musical e humana. Essa foi minha escola. Apesar de vários mundos terem se apresentado pra mim, sempre busquei comunicar minha expressão musical, mesmo que o som não tivesse essa abertura ou fosse pouco inspirador.

No final de 2009, senti a importância de criar meu grupo, onde eu pudesse dar vazão total às minhas ideias e sentimentos. Essa experiência só é plena quando você tem o seu som, não tem jeito.

A primeira formação que montei pra essa estória durou apenas um ensaio. Então, acabamos ficando em três: eu, Zeca Loureiro e Bruno Tessele. A princípio, achei que o grupo precisava de mais um elemento melódico, um integrante que tocasse piano ou algum instrumento de sopro. Daí veio a questão: Quem eu chamo?

Os ensaios continuaram rolando e a questão foi se dissipando. Aconteceu uma magia nessa formação. Comecei a cantar as melodias nos ensaios e tomei gosto pela coisa. Daí em diante, passei a compor para o trio. A minha voz foi amadurecendo e tomando corpo.

Depois de um ano e meio de ensaios e alguns concertos, estava na hora de gravar. Pensei imediatamente no Zé Godóy, uma figura admirável. Marcamos uma conversa para falar sobre a alma do som e a ideia de como eu queria gravar: ao vivo, na energia da verdade! Um, dois, três, valendo! Os únicos elementos que decidimos gravar depois, foram: a voz, por causa de um problema de vazamento no baixo, um violão (“Belo Monte”) e uma linha de guitarra (em um trecho de “Tribo”), mantendo sempre o cuidado de não deixar que esses elementos descaracterizassem o som como ele é na vera.
Tive a honra e a felicidade de dividir a producão desse disco com meu pai, Benjamim Taubkin. Meu grande amigo e professor! Ele coordenou e deu o tom das gravações com seu olhar especial, mantendo a identidade original do som.

Gravamos praticamente tudo em dois dias. A música “2012” em um take! Além disso, ele fez uma linda participação na música ‘Saci Subindo o Morro’, tocando piano rhodes e dando ideias certeiras. Outra participação especialíssima, foi do Ricardo Herz, que tocou violino em ‘Alô Irmãos!’. Não posso deixar de mencionar o imenso apoio dele nesse som.

Finalizada as gravações, deu-se início a uma segunda jornada para chegarmos na mix ideal. Esse período, de muito aprendizado, foi tão árduo quanto prazeroso, mas resultou num final feliz. Agora o som tá no mundo!” João Taubkin.